Logos de Minas Gerais

boa noite e boa sorte

Debora

Pela primeira vez na vida me sinto silenciado.

Não tenho estrofes, não tenho versos e nem palavras

Para tentar te dizer nada

Você me silenciou

Quando meus olhos cruzaram com os seus

E se perderam nesse imenso oceano que é o seu olhar

Profundo e intenso

Imenso.

Para sempre serei acorrentado ao seu calcanhar

Por tanto quanto tempo eu ficar imerso nas suas doces palavras

Que não são pronunciadas

Mas que sempre serão entendidas

Pelo meu coração

Nos momentos de mais profunda alegria

Em que meus olhos amam aos seus

Como se fosse a mim mesmo.

E por você…

Por você eu me torno um homem

Para tê-la como mulher.

Mulher que me faz homem o completo que sou

Homem feliz

Mulher que desejarei a cada dia como se fosse o último de todos.

E como se fosse o primeiro de todos os dias

Como o dia em que meus olhos mergulharam

E nunca voltaram

Do vazio profundo e singelo

Imenso, largo e modesto

Que é o seu olhar

Que eu tanto amo.

Eu te amo.

Anúncios

quarta-feira, 29 julho 2009 - Posted by | Arquivado

Sorry, the comment form is closed at this time.

%d blogueiros gostam disto: